Em Homenagem a Erasmo Carlos, Nonoi escreve: A Carta!

A Carta
Por Noedson Valois.
(Homenagem a Erasmo Carlos)

Escrevo estas mal traçadas linhas para dizer que, como diz a sua música, é o momento de fazer; o momento de fazer saudade. Pena que a vida não seja sempre uma Festa de Arromba! A morte abriu, a morte chamou. E você foi. Deixou de ser Mais um na Multidão. Será que é Um Convite pra Nascer de Novo? Só sei que Somos Crianças e Não Entendemos Nada. É mesmo Preciso Saber Viver. Você prendeu em seu coração não só as Gatinhas Manhosas. Com sua Fama de Bom, semeou, para nunca ser esquecido, a Semente do Amanhã. Vai, Erasmo! Por aqui vamos ficando Sentados à Beira do Caminho.

Em 23 de novembro de 2022.

Deixe um comentário