Sirlene Santos, Quilombola de Morro do Chapéu é uma das vencedoras do Prêmio Impacto por Todas, da ONU

O Prêmio Impacto por Todas, iniciativa do Todas Group em parceria com o Pacto Global da ONU e Projeto Florada da 3 Corações, selecionou seis mulheres vencedoras à frente de projetos com ações sociais sustentáveis e alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.
As vencedoras foram Danielle Bezerra, empreendedora e organizadora do Nasa Space Apps Challenge; Dani Junco, founder e Ceo da B2Mamy; Katiana Pena, fundadora do Instituto Katiana Pena; Karla Meura, idealizadora do Projeto Co-missão de Igualdade Racial na OAB/RS; Pollydiana Salazar, criadora do Projeto Social Mover e Sirlene Jesus Santos Azevedo de Melo, idealizadora do Sabores do Quilombo.
Para Sirlene Santos, que é assistente social, quilombola e natural de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, este é um momento de muita felicidade e o Prêmio Impacto por Todas significa alegria. “A mulher é protagonista da própria história e esse reconhecimento significa alegria pelo trabalho da gente, por toda luta, por tudo que a gente tem feito durante esses anos com a Dandaras, com o Sabores do Quilombo”, diz a vencedora do quilombo de Queimada Nova, Morro do Chapéu – BA.
Sirlene destaca, ainda, a representatividade da mulher rural entre as outras finalistas, que têm perfis urbanos. “As outras companheiras que ganharam, são mulheres urbanas, então, a gente tem essa sensação de que as mulheres rurais também estão ocupando os espaços e também podem impactar outras mulheres. E quando eu consultei o perfil das outras, eu fiquei chocada, porque são mulheres com histórias incríveis: astronautas, doutoras, advogadas”, lembra.

“O prêmio não é meu, o prêmio é nosso”
Criado em 2019, o Projeto Sabores do Quilombo é o resultado do projeto “Resgatando os saberes e sabores quilombolas”, desenvolvido pela Associação Mulheres Quilombolas em Ação Dandaras dos Palmares (AMQADP), na Comunidade Quilombola de Queimada Nova. Esse projeto tem como objetivo o resgate da culinária ancestral e a troca de saberes entre as gerações quilombolas locais.
Em 2021, o Projeto Sabores do Quilombo, lançou a primeira edição do livro de receitas intitulado de “Sabores do Quilombo – um resgate da culinária quilombola”, com apoio do Edital Municipal Marcolino do Violão, através da Lei nº14.017 de 29 de junho de 2020 – Lei Aldir Blanc.
Jacobina Notícias – O seu portal de informações

Deixe um comentário