Uma Justa Homenagem. Elias Guimarães!

ELIAS OLIVEIRA GUIMARÃES
Filho do saudoso Anésio Olíver Guimarães e de D. Zilene Oliveira Guimarães, o Profeta, como ele é chamado, é um cidadão que se diferencia ao dedicar-se a promover ações em prol de grupo de pessoas mais necessitadas. E com esse perfil, ele, desde alguns anos, vem lutando em prol dos idosos e fundou a Associação das Pessoas Idosas, entidade criada para ajudar e debater os problemas das pessoas da terceira ou da melhor idade. Prova dessa dedicação é que ele conseguiu uma área e a instituição, que já é reconhecida com de utilidade pública, construiu a sua sede nas imediações da antiga fonte do Pó-Só.
Também, ele se dedica à importante questão da defesa do meio ambiente e da preservação da natureza, tanto assim, tem o projeto de criar um bosque e fazer uma área de lazer junto à reserva do Pó-Só, para ser usufruído pelos idosos e por quaisquer pessoas da cidade.
Participativo nas mobilizações, ele se engaja em muitas atividades sociais e culturais, como por exemplo, ao fazer parte de um grupo de teatro da terceira idade, do qual ele é um dos atores. Por preocupar-se com problemas sociais da cidade, ele foi convidado pela Diamantina FM para fazer um programa de rádio pelo qual ele interage com os ouvintes e aborda alguns assuntos, como fatos da história do nosso município, a lembrando de personalidades populares da nossa cidade e de acontecimentos que compõem a memória da nossa terra, principalmente ao que tange ao folclore e às manifestações populares do nosso município.
Esforçado e determinado naquilo que almeja, ele fez o curso médio no Colégio Estadual Teotônio Dourado Filho já na terceira idade. Por isso, é um exemplo de cidadão na luta pelo crescimento pessoal, na defesa dos valores da cidadania e no apoio às camadas mais necessitas da população.
Por sua história e pelo seu exemplo de vida, ELIAS foi um dos escolhidos para ser homenageado por este grupo, que além de aproximar os filhos da terra espalhados pelo Brasil. Este grupo, por esta página virtual enaltece os morrenses que se destacaram ou se destacam por suas ações sociais e humanitárias, pelas quais, elas escreveram ou vão escrevendo as cenas da história do nosso município, tal como ele tem feito. — com Elias Guimarães.

Deixe um comentário