Posto de Vígilia 218: O que é o Protocolo da ONU?

O QUE É O PROTOCOLO DA ONU? – Para quem estuda UFOLOGIA, essa notícia traz grande importância para todos nós que vivemos num mundo carente de valores autênticos que nos tragam mudanças para um mundo melhor. E é pensando nisso que a Organização das Nações Unidas (ONU), preparou esse Protocolo, assinado por alguns países visando um próximo CONTATO oficial e extensivo com   raças espaciais que há muito nos visitam e segundo os contatados essas raças do Eapaço, vendo nossos problemas que eles também já os tiveram, porém venceram e agora tentam nos beneficiar ao nos passar fórmulas para que também nós nos libertemos desses problemas e demos um passo à frente em nossa evolução. E é  bom saber que esse tema, por mais estranho que pareça, já é tratado desde muito tempo, por diversas nações e governos, mas é coisa para uma lenta assimilação por parte da nossa humanidade, temente do desconhecido, apegada às tradições e carente de certezas, mesmo por lógicas que sejam. Um estudo mais aprofundado da Ufologia – além do simples Casuísmo (estudo de casos) – nos leva à Arqueo-ufologia, que é a presença de Ufos e Extraterrestres, nos mais remotos tempos de nossa História, com ênfase em dois livros dos Vedas – o Ramaiana e o Mahabharata – onde se fala dos VIMANAS, objetos que se assemelham aos nossos OVNIS ou UFOS e outra fonte são os relatos da cultura hebraica, nos tempos antes e depois do Êxodo, onde se fala dos Merkabás, objetos que voavam e muito bem descritos nos Livros de Ezequiel  e Enoch, tendo ambos – inclusive – viajado neles. Aproveito também a ocasião para falar um pouco sobre os ANUNNAKIS, que segundo os dados arqueológicos catalogados por Zecharia Sitchin, que traduziu e analisou a saga desse Povo do Espaço que viveu em nosso planeta por milhares de anos e até fundou cidades e bases de operação. Preciso dizer que a Bíblia judaico-cristã explica muitos fatos ainda envoltos em mistério naquelas remotas épocas e confirmamos isso ao examinarmos descrições contidas em Números 13-33, quando se fala de Anaque (ou Enaque), que é a corruptela (ou transliteração) da palavra ANUNNAKI, quando traduzida da língua sumeriana (cuneiformes) para o hebraico antigo. Esse povo extraterrestre chegou de Nibiru – um planeta periódico – e que veio à Terra onde fundou cidades e criou escolas e quando foi embora deixou unidades urbanas cuja cultura espanta os historiadores. Citei esses exemplos para dizer que esses Povos do Espaço não são hostis, mas sempre procuraram ajudar a Terra e seus habitantes e se fossem maus já teriam conquistado o planeta. E vale também esclarecer  que naqueles remotos tempos, os terráqueos denominaram esses Seres não-terrestres, por “deuses” e “anjos”, pois não dispunham de outras referências – como as temos hoje. E assim entendemos porque a ONU pretende preparar agora a humanidade para recebermos essas civilizações do Espaço como amigos, assim como acontece em nossa Terra entre as nações e povos estrangeiros. Isso é para aguardar e ver.

          Alonso Valdi Regis

          Morro do Chapéu BA   15.Ago.2021

          alonsovregis@gmail.com

          ou 74-988260524

Deixe um comentário