Mais uma vez Equipe Javaé do Norte realiza Rapel na Cachoeira do Ferro Doido em M. do Chapéu!

“Nada paga a sensação de embarcar em uma aventura e sentir a adrenalina correndo nas veias.”

Quem nunca pensou em fazer algo diferente e se arriscar em uma atividade que misturasse esporte e natureza?

No domingo (01) um grupo com quase 20 pessoas (seguindo os protocolos de segurança) se reuniu na cachoeira do Ferro Doido, Morro do Chapéu (Ba) para fazer rapel. A atividade envolveu ousadia, adrenalina e superação, Os praticantes de rapel utilizaram equipamentos de segurança do esporte, como corda, cadeirinha, freio, mosquetão e capacete.

Participaram dessa atividade pessoas de Tapiramutá, Feira de Santana, Várzea Nova, Miguel Calmon, Irecê e Morro do Chapéu. Existem várias formas de fazer a descida: ela pode ser mais rápida e emocionante ou mais lenta e contemplativa. As modalidades também são plurais, mas as clássicas são intituladas como rapel negativo – feito sem o contato dos pés na superfície – e rapel positivo ou tradicional, quando se apoia os pés na rocha.

Os participantes que Encararem descidas em picos altíssimos com auxílio de uma corda é algo, no mínimo, desafiador. E esse desafio é aceito por turistas aventureiros que enfrentam os medos e buscam adrenalina com o rapel. A prática pode ser realizada em diferentes picos em Morro do chapéu, uma vez que o município é rico em paredões, cachoeiras, buracos, grutas e cavernas prontas para serem exploradas pelos “rapeleiros”.

E quem foi que disse que Rapel não é coisa pra mulher!

Na Cachoeira do Ferro Doido além do rapel de 110m, o grupo contemplou  uma boa trilha e uma paisagem exuberante.

Contato para agendamentos: 74 9-9817-6886 falar com Filinto Emanuel

@javae.donorte
@filintoemanoel

@arturmaiarg

@tarcisio_cda

Deixe um comentário