Em Prosa e Verso Nonoi Escreve: Conta!

CONTA
Comparando o Planeta Terra a um grande rosário de contas, cada ser humano é uma conta do rosário. Todavia, pela desigualdade das contas, falta ao “grande rosário” equilíbrio. Há quem perca as contas do que possui, enquanto a grande maioria não conta com o direito de possuir.
Engordar a conta ou as contas bancárias, é o que conta para os que contam com as oportunidades de ganhar dinheiro e acumular riquezas materiais, sem se darem conta de que tantas “contas do rosário” não se alinham, por se acharem no que chamamos de “abaixo da linha da pobreza”. O egocentrismo é a prova real da conta, porque os menos favorecidos são os componentes dos “noves fora”.
Levando-se em conta o mandamento “Amar o próximo como a si mesmo”, damos conta do seu descumprimento, embora muita gente faça de conta que está no caminho da retidão, sem ao menos se dar conta de que o fazer de conta é um sinuoso desvio.
Prestar contas das nossas atitudes à consciência, há de ser, pois, uma ação contínua, já que no “juízo final” o desamor será posto em conta, e, por Via de Regra, os que mais usufruem hão de pagar uma conta maior.

Deixe uma resposta