Internado no Hospital São Vicente em M. do Chapéu, paciente aguarda a quase um mês uma vaga na Central de Regulação!

Gildevan Souza Gois foi vítima de uma tentativa de homicídio por arma de fogo em setembro de 2019, fato que aconteceu no Povoado de Duas Barras em M. do Chapéu. Desse incidente Gildevan ficou tetraplégico e passou a usar uma traqueostomia e passou a alimentar-se por uma sonda gástrica. Internado desde o dia 06 de abril no Hospital São Vicente de Paulo a família aguarda uma vaga na Central de Regulação desde o dia 16/04 para uma avaliação cirúrgica para uma possível retirada do tubo da traqueostomia e troca da sonda gástrica. Parentes estão indignados e revoltados com o sistema de regulação do Estado, inclusive já entraram com o pedido de ajuda ao Ministério Público no dia 22/04, porém ainda não obtiveram retorno. Enquanto isso paciente e familiares permanecem no Hospital no aguardo da manifestação da Central de Regulação do Governo do Estado. (morronoticia.com)

Deixe um comentário