Câmara dos Deputados gasta R$ 6,4 bilhões com cota parlamentar!

Entre 2001 e 2021, a Câmara dos Deputados gastou R$ 6,4 bilhões, com a cota parlamentar – verba que cada parlamentar federal tem para reembolsos como aluguel de carros, combustível, passagens aéreas, alimentação, contratação de serviços, entre outros.

No período de duas décadas, as despesas somadas equivalem ao orçamento executado (R$ 6,5 bilhões) em 2020 pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), durante a pandemia global do novo coronavírus. Os dados foram revelados pelo jornal Estadão.

As cotas parlamentares foram criadas no início dos anos 2000 pelas Assembleias Legislativas dos 26 Estados e do Distrito Federal, com o objetivo de financiar o exercício do cargo. Câmaras Municipais espalhadas pelos 5.570 municípios brasileiros também surfaram na onda e adotaram o ressarcimento de gastos.

O dinheiro que cada um dos 513 deputados pode gastar varia de acordo com o Estado pelo qual ele foi eleito. A cota mensal atual oscila de R$ 30,8 mil (Distrito Federal) até R$ 45,8 mil (Roraima). Somente nos três primeiros meses de 2021, a Câmara desembolsou R$ 32,2 milhões com a cota parlamentar. Os dados das despesas com a cota são da própria Câmara, por meio de sua assessoria de imprensa.

A Tarde

Deixe um comentário