Boletim Covid-19, decreto que fecha bares às 20h00 mantido, boletim de vacinas e cenário epidemiológico do municipio!

A Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), através da Vigilância Epidemiológica, torna público o boletim diário com as informações sobre a situação epidemiológica da COVID-19 em Morro do Chapéu.
Após análise epidemiológica do município, atual conceito de ativos adotado pela gestão se diferencia do conceito adotado pelo Ministério da Saúde, no qual só considera casos ativos, aqueles casos confirmados (positivos) que estão em período de transmissão da doença.
Sabendo do atraso nos resultados dos exames RT PCR, o novo conceito adotado pelos técnicos da vigilância epidemiológica do município inclui além dos casos confirmados que estão ativos, também os casos suspeitos que estão em período de transmissão da doença. Desta maneira expressa a real situação de transmissão da doença no município
A SESAU informa que a diferença entre os casos confirmados e a soma de casos recuperados e óbitos, expressará apenas uma parte dos casos ativos e não inclui os suspeitos também ativos.
AVISO IMPORTANTE
Devido o número do coeficiente de mortalidade e coeficiente de letalidade informados no boletim epidemiológico do mês de janeiro/2021 (ver post anterior) o Decreto Covid de número 053/2021, fica mantido até 15/02/2021, quando haverá a próxima reunião da vigilância epidemiológica.
CENÁRIO EPIDEMIOLÓGICO
O cenário epidemiológico da Covid-19 no município de Morro do Chapéu, mês de janeiro de 2021, mostra que foram realizadas: 415 notificações, 413 testes realizados, e 06 óbitos. Dos 85 rt– pcr realizados: 28 tiveram resultado detectável, 44 não detectável, e 13 inconclusivos.
Nº CASOS CONFIRMADOS (218) – Nº DE ÓBITOS CONFIRMADO (6) COEF. MORTALIDADE (16,9) COEF. LETALIDADE (2,75%)
Quando analisamos a curva de casos positivos da Covid-19 por semana epidemiológica, vemos um pico de casos positivos na semana epidemiológica 02, do mês de janeiro. Analisando a curva da Covid-19 por dia, no mês de janeiro, podemos observar uma queda no número de casos positivos ao longo do mês; fazendo uma curva descrescente, como mostra na figura a linha linear.
A análise dos casos positivos no mês de janeiro por lugar de residência, podemos constatar que o local de maiores concentrações de casos continua sendo o Centro da cidade, seguido do bairro Pedra Grande. Sobre os óbitos, concluímos que a curva se mantém com intervalos de estabilidade ao longo do mês de janeiro, ou seja, muitos dias sem apresentar óbitos pela doença. Porém, o coeficiente de mortalidade pela covid-19 teve um aumento expressivo em relação ao mês de dezembro. Os coeficientes de mortalidade e letalidade constituem ferramentas importantes para a avaliação do estado de saúde da população. O coeficiente de mortalidade é uma estimativa do risco da população morrer por uma determinada doença.
Dessa maneira, a análise das duas taxas para a Covid – 19 no município expressam os riscos aos quais a população local está exposta. O coeficiente de letalidade é maior que do estado da Bahia, significando um alto risco de morte pela Covid-19 no município de Morro do Chapéu.
Na análise da síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no município, mostra a gravidade do problema: tivemos 10 pacientes internados por dificuldade respiratória grave no mês de janeiro, desses 05 (50%) vieram à óbito, sendo 04 por Covid-19.
Temos a vacina, mas não podemos diminuir os cuidados!

Deixe um comentário