Posto de Vigília 201: O que é transição e regeneração do planeta. Parte I!

O QUE É TRANSIÇÃO E REGENERAÇÃO DO PLANETA (1) – Sei que falar nesse assunto não é agradável para muita gente, mas um olhar atento para o mundo atual e as informações “alternativas” que estão chegando em abundância de todas as dimensões, então já  podemos traçar um perfil mais ou menos seguro do que está acontecendo no mundo e para onde iremos nos próximos tempos, já a começar de agora. Falaremos sobre alguns itens que estão no foco das conversas, que são a Transição, a Data Limite, a Regeneração e, por fim, a grande MUDANÇA desejada por todos. Estamos na Era da Revelação – que representa o fim e o começo de um importante CICLO para o planeta e para a humanidade. Um ciclo de evolução é como o final de um curso escolar em que somar, diminuir, multiplicar e dividir não basta mais, pois é preciso aprender agora as equações algébricas em que se usa aquelas operações iniciais da Aritmética. O ciclo que ora se inicia é o Vestibular que nos levará à Universidade dos conhecimentos superiores da Alma e do Universo. Sabemos que muita e muita coisa foi dita e publicada acerca dos fatos desse período chamado “fim do mundo” – expressão que deve ser entendida de um modo menos alarmista, pois se trata do fim de um “velho mundo, para o surgimento de um novo mundo”. E assim como numa escola se separa aqueles que lograram aprovação nos estudos levando-os para um nível superior, também numa humanidade que chega no final de um ciclo, se separa aqueles que ascenderam sua consciência a um plano de valores positivos, os quais habitarão mundos superiores que as tradições chamaram de céu, éden, paraíso. Uma Transição acontece quando um mundo passa por essa depuração e se transforma em um “novo céu e uma nova Terra”, como foi dito. Mas essas transições não são feitas de forma precipitada e caótica, mas através de profundo planejamento, visando a proteção da nova “semente humana”, levada para lugares seguros e intensamente informada dos acontecimentos – alguns nunca vistos aqui na Terra – pois alguns desses fatos envolvem Seres não-terrestres, máquinas e tecnologias desconhecidas, coisas que podemos comparar à chegada dos europeus, aqui nas Américas do século 16, em relação aos indígenas que os receberam como “deuses que vinham do Oriente”… (No próximo artigo vamos dar as FONTES de onde nos chegam as informações que aqui mostraremos).        Alonso Valdi Regis          Morro do Chapéu BA  31.Out.20          alonsovregis@gmail.com

Deixe uma resposta