Em Prosa e Verso Nonoi Escreve: Se Eu Pudesse Providenciaria!

SE EU PUDESSE, PROVIDENCIARIA
Por Noedson Valois

Uma serraria pro serra-pau,
Para o pica-pau, uma furadeira.
Um apito para a coruja
E pro tatu uma escavadeira.

Um GPS para as andorinhas,
Um binóculo para o gato.
Uma lanterna para o vagalume
E uma nadadeira para o pato.

Uma espreguiçadeira para a preguiça,
Para o coelho…uma cama.
Um par de botas pro porco,
Mode ele andar na lama.

Um sino para a araponga,
Asa-delta para o gavião,
Um alarme pro bem-te-vi
E um espelho pro pavão.

Um prumo pro João-de-barro,
Uma mitra pro cardeal.
Para o sabiá seresteiro,
Um instrumento musical.

Um pula-pula pro sapo,
Pro macaco, uma viola.
Uma chave pro passarinho,
Mode ele abarir a gaiola.

Um moedor de carne pro urubu,
Um engenho para o guará,
Um depenador de aves para a raposa,
E luftal para o gambá.

Pro cachorro não viver
Cheirando em todo lugar,
Providenciaria pra ele
Perfume bom pra cheirar.

Carteira de trabalho para o burro
Estaria também na lista.
Mode ele ter garantidos
Seus direitos trabalhistas.

Um mictório pro meu cavalo
Providenciaria também.
Mode ele não mijar
Na porta de seu ninguém.

Não poderia faltar
E aqui eu acrescento.
Providenciaria ainda,
Camisinha pro jumento.

Em 19 de abril de 2020.

Deixe uma resposta