Na Sexta Feira da Paixão a Procissão não aconteceu!

Pela primeira vez em mais de um século de existência desta Tradição, o encontro de Senhor dos Passos com Nossa Senhora das Dores acontece vazio, sem a presença dos fiéis que participam em penitência rememorando a Paixão e Morte de Cristo.

O costume se mistura como expressão de fé e de reencontro de amigos e familiares neste período de Semana Santa. Mas, agora, tivemos que deixar a Tradição de lado em nome da saúde de todos.

O vazio é na procissão, o vazio são em nossos corações em não poder participar presencialmente deste momento. Eu, particularmente, tenho gravado em minha mente e em meu coração este encontro o qual participo desde a minha infância: dos momentos na cozinha da casa de minha mãe com seus bolinhos feitos de bacalhau que nós já íamos comendo (irmão, primos, netos e noras) antes do almoço ser servido.

Da oração realizada antes da refeição, do bate papo, do vinho degustado antes do almoço. Da passagem rapidinha na venda de Ércio antes de chegar em casa…

Que Deus, em sua Infinita Misericórdia, nos abençoe e nos permita reviver estes momentos em outras oportunidades breves.

Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
Para Sempre Seja Louvado!

Jacobina, Ba. 10 de abril de 2020
Por Geyder Gomes

Deixe uma resposta