Estupro de vulnerável em M. do Chapéu!

Por volta das 16h00 desta segunda feira 20/01, a guarnição foi acionada por prepostos da unidade hospitalar, após jovem menor de idade ter dado entrada no Hospital Maternidade São Vicente de Paulo, vítima de estupro. Ao chegar no nosocômio a genitora passou a relatar o seguinte para os prepostos policiais: que saiu às 08h deste dia, para realizar a matrícula escolar da filha no Distrito de Duas Barras, deixando-a em casa; ao chegar tomou conhecimento através dela que por volta das 09h, 01 (um) indivíduo invadiu sua residência, localizada na Fazenda Caiçara, Distrito de Duas Barras, usando capuz e de forma violenta a dominou e consumou o ato sexual. A Srª Normaci informa ainda, que a vítima não tem condições de reconhecer o agressor pelo fato do referido utilizar o capuz (toca tipo brucutu) para cobrir o rosto, tornando difícil seu reconhecimento. Que, a roça onde moram é isolada e distante do Distrito de Duas Barras 10km. Assim, foram acionados os prepostos do Conselho Tutelar os quais assumiram as providências administrativas e Regularam a vítima para o HRI. Em seguida, a família foi orientada a prestar queixa do caso em questão para adoção das medidas judiciárias necessárias ao esclarecimento do delito.

Deixe uma resposta