Para uma boa leitura Dr. Marcio Leite escreve: É Tempo de Curar as Feridas do Passado!

Não conseguimos prosseguir na jornada da vida saudavelmente se nos sentimos ancorados a feridas do passado (processos que envolvem trauma, dor, rutura, culpas, perdas, enganos, etc…). Ficamos presos à órbita gravitacional desses elementos que perdem sua função retificadora e passam a acrescentar mais peso às nossas costas. Para seguir adiante, ensino meus pacientes a se libertarem das âncoras. Um número variado de “técnicas” (visualizações, mentalizações, regressão de memória) pode ser acionado para pôr no devido lugar todos esses “traumas” que nos impedem de crescer. Na maioria absoluta das vezes, trata-se apenas de colocá-los em seus devidos lugares, relativizá-los, pois, em geral, são tão antigos e obscuros, que parecem sempre muito maiores e destrutivos do que verdadeiramente são, se não estivessem empoeirados e amplificados pelo tempo e por nossos medos. O cérebro é um processador cósmico, pode ser reprogramado e “desengancha” quando fazemos isso. No final, percebemos que fomos assombrados a vida inteira, não pelo que aconteceu, mas por fantasmas do que aconteceu.
Chamo a isso de “Processo de curar feridas do passado”. Trazer o que muitos consideram crimes imperdoáveis para a seara de pequenos e variados equívocos humanos é realmente saneador. É lembrar ao Homem a sua humanidade.

Marcio Leite

Deixe uma resposta