Câmara Municipal cria CPI para apurar situação previdenciária de Morro do Chapéu!

Diante da suspensão de pagamento de parte dos segurados do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Morro do Chapéu (IPSPM), a Câmara Municipal resolveu, por unanimidade, criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a situação.

Prefeitura de Morro do Chapéu deve aproximadamente 64 milhões de reais a caixa da previdência.

O objetivo da CPI é apurar o motivo das suspensões e avaliar o que pode ser feito para sanar as pendências e evitar que o fato se repita no futuro. Para o presidente da Casa, é importante a Câmara se posicionar e dar uma resposta a sociedade e aos segurados do município. “A CPI foi aprovada por todos os vereadores e nossa ideia é somar esforços na busca de uma solução para este problema tão grave”, avaliou.

O ato de criação da Comissão, que será formada por 5 integrantes, foi lido nesta sexta-feira (23) em Plenário. A partir de agora tem início o prazo para os edis indicarem os representantes para a Comissão, que deve acontecer até a próxima Sessão Ordinária.

Sobre a CPI

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) é uma espécie de comissão que serve para investigar um determinado assunto com base no interesse público. É um instrumento com prazo de validade e objetivo definido, onde se utiliza da investigação e analise de eventuais  irregularidades, que podem alcançar governos, órgãos, autarquias e demais entes da administração pública.  A CPI é conduzida pelo poder Legislativo.

Deixe uma resposta