Para uma boa leitura Dr. Marcio Leite escreve: É Tempo de Curar as Feridas do Passado!

É tempo de curar as feridas do passado.
Não conseguimos prosseguir na jornada da vida saudavelmente se nos sentimos ancorados a feridas do passado (processos que envolvem trauma, dor, rutura, culpas, perdas, enganos, etc…). Ficamos presos à órbita gravitacional desses elementos que perdem sua função retificadora e passam a acrescentar mais peso às nossas costas. Para seguir adiante, ensino meus pacientes a se libertarem das âncoras, que são verdadeiros anzóis, nos fisgam como peixes. Um número variado de “técnicas”, visualizações e mentalizações, pode ser acionado para pôr no devido lugar todos esses “traumas” que nos impedem de crescer. Na maioria absoluta das vezes trata-se apenas de colocá-los em seus devidos lugares, relativizá-los, pois, em geral, são tão antigos e obscuros, que parecem sempre muito maiores e destrutivos do que verdadeiramente seriam, se não estivessem empoeirados e amplificados pelo tempo e por nossos medos. O cérebro é um processador fantástico, um computador cósmico, pode ser reprogramado. No final, percebemos que fomos assombrados a vida inteira, não pelo que aconteceu, mas por fantasmas do que aconteceu.
Chamo isso de “Processo de curar feridas do passado”. Feito com amor e vontade genuína de ajudar, tem resultados espetaculares. Trazer o que muitos consideram crimes imperdoáveis para a seara de pequenos e variados equívocos humanos é realmente saneador. É lembrar ao Homem a sua humanidade. Errar, todos erramos; seguir errando é totalmente desnecessário.

Marcio Leite

Deixe uma resposta