Após reforma, Teatro Odilon Costa reabre as suas portas!

Na sexta- feira passada, dia 29/03, a SOCIEDADE FILARMÔNICA MINERVA reinaugurou o TEATRO ODILON COSTA. Inaugurado no ano de 1944, passou, há 16 anos, por algumas reformas. Hoje, o apresentamos à sociedade morrense em pleno estado de funcionamento, uma casa de espetáculos “para ninguém botar defeito”. Trocamos todo o telhado, a fiação elétrica, o piso, o forro, a iluminação. Instalamos aparelhos de ar condicionado e mais ventiladores. Sistema de som top de linha; microfones no palco, novos refletores e poltronas mais aconchegantes. O convite foi feito à toda comunidade e agradecemos muito aos amigos que foram de perto partilhar conosco a alegria da realização desse sonho. Ao Pe. Dailson, pessoa iluminada, que nos levou com a sua simplicidade e sabedoria, a palavra de Deus, abençoando o local e à todos que ali se encontravam. Ao estimado grupo Som da Arca, cujas vozes embelezaram a nossa noite com hinos de louvor; ao talentoso ex-aluno da Filarmônica Minerva, Dilton, que nos presenteou com uma belíssima interpretação; ao nosso mais antigo músico vivo, pessoa de extrema importância para a Minerva e para a nossa cidade, que leva o seu nome aos quatro cantos deste país, e que brilhantemente fez um solo de arrepiar, o querido Silas Monteiro DA Costa, e aos amados músicos que compõem a FILARMÔNICA MINERVA, que nos encantam com a sua dedicação, o seu compromisso, a sua disciplina e o seu talento, tendo à frente esse jovem maestro Alberto Caetano, que com tanto amor e tanta paciência leva a luz do saber musical à todos que se apresentam na escola com esse objetivo. Enfim, à cada pessoa que se fez presente: autoridades, sócios minervinos, descendentes de Odilon Costa, jovens e crianças. À todos os membros da atual diretoria, que, como puderam, deram a sua colaboração. Agradecer, em especial, ao nobre deputado federal, Afonso Florence, autor da emenda que nos possibilitou a compra de todos os equipamentos e à ENEL, que nos deu apoio financeiro para a reforma. Hoje, o teatro oferece rampa de acessibilidade, vagas para cadeirantes, algumas cadeiras um pouco mais largas e extintor de incêndio. Temos 4 saídas de emergência. Para concluir, não posso deixar de citar e exaltar o nome do principal idealizador e autor desse audacioso projeto. Ele que passou noites e noites em claro, lendo e relendo as instruções para que finalmente houvesse a aprovação junto ao Ministério da Cultura, tendo sido aprovado com louvor! Ele que sabe o caminho das pedras e que acompanhou cada passo dessa reforma. Ele, que me inspira e me estimula a ser cada vez melhor. A me dedicar cada vez mais nessa função que nos foi confiada. Fui vice-presidente da Sociedade Filarmônica Minerva no final da década de 70, e há quase 4 anos estou presidente, então, esse sonho é nosso e sonho que se sonha junto, torna-se realidade. Obrigada, DANTINHAS! Em nome da Sociedade, agradeço imensamente por ser o nosso Presidente de Honra e Diretor de Projetos e por dedicar todo o seu tempo livre, e até quando não está livre, a fomentar o desenvolvimento da Minerva e, consequentemente, da nossa comunidade. Você faz a diferença!!

(Maria do Carmo Dantas/Presidente da Minerva)

 

Deixe uma resposta