Posto de Vigília 172: Conhece-te a Ti Mesmo. Parte 2. Por Alonso Valdi Regis!

CONHECE-TE  A  TI  MESMO (2ª parte)  –  No artigo passado colocamos aqui que o físico Albert Einstein, diante das pilhas de átomos que formam o corpo humano, disse o seguinte: “Do mundo dos fatos (o mundo material) não vêm valores. Estes vêm de outra região (ou seja, do mundo espiritual). Que região seria essa? O que passo a escrever de ora em diante é o resultado de profundas pesquisas feitas pela chamada “Neo-Gnose de Princeton”, o centro de estudos metafísicos da Universidade de Princeton (EUA),  fundado pelo famoso físico. É fato conhecido, também, que por mais extraordinários que sejam esses conceitos que ressurgem das investigações “gnósticas” de Princeton, pois tais conceitos ,já são expostos pela literatura religiosa de muitas teologias, do oriente e do ocidente, traduzindo a antiga linguagem das parábolas, para a linguagem moderna da ciência. Eis o exemplo mais representativo dessa nova linguagem: enquanto a teologia fala de mundos invisíveis, celestes ou infernais, os metafísicos de Princeton mostram que o nosso universo – e também nosso corpo – se manifestam em SETE FREQUÊNCIAS básicas, que eles chamaram de OITAVAS, em alusão às oitavas musicais, que também têm sete notas. Daí surgiu também a ideia de que nosso universo é uma grande SINFONIA de sete oitavas. E o que é uma OITAVA? Seja na visão musical, seja na visão gnóstica, essas oitavas são faixas de frequências de uma ONDA universal (ver o Teclado cósmico da Ordem Rosacruz). Já sabemos através da Física, que tudo no universo é ENERGIA, ou seja, são movimentos de ondas eletromagnéticas, as quais, mudando suas frequências (vibrações), produzem a luz, o som, as cores, todos os elementos, inclusive o pensamento, as emoções etc.. O universo, pois, nesse conceito, é formado de SETE FAIXAS vibratórias e a primeira dessas faixas é o mundo físico-material em que vivemos, com tudo o que ele contém. Na segunda Faixa, temos o chamado “universo etérico” (onde temos nossos chacras ou redutores de frequências), a terceira faixa é o mundo emocional e o quarto,  o mundo mental. A Gnose de Princeton diz que já “monitorou” essas quatro faixas energéticas, já sabendo (por analogia) que restam ainda outras três faixas, inacessíveis ao nosso instrumental científico e que eles denominaram de FAIXA CAUSAL, por saberem que essa faixa é a matriz de todas as outras faixas, a fonte criadora de onde tudo provém. Mas o fato mais interessante é resumido na seguinte frase por eles engendrada: “A Cada Oitava a Matéria se Repete” (No próximo artigo falaremos desse fato, que envolve, além da HARMONIA musical, também tem a ver com a nossa vida depois da morte).

                   Alonso Valdi Regis

                  Norro do Chapéu (BA)   28.Fev.2019

                  alonsovregis@gmail.com

Deixe um comentário