Polícia prende homem por exercício ilegal de profissão em Hospital em Várzea Nova!

Na tarde de quinta-feira, 06 de dezembro, policiais militares do 5º Pelotão em Várzea Nova, após informações colhidas que no Hospital Padre Alfredo Haasler, sediado na cidade já citada, haveria um suposto médico atendendo com o CREMEB de outro profissional, deslocaram até a instituição médica para averiguar a denuncia. Após a abordagem policial e averiguação da documentação, o denunciado que possui 26 anos de idade, foi convidado para acompanhar os policiais até a Delegacia de Polícia local para prestar mais declarações, que por sua vez, passou a confessar possuir outra identidade informando também que tem uma formação profissional em medicina pela Universidade Cristiana da Bolívia, porém resolveu utilizar o registro de outro profissional pelo motivo de, até o momento, não ter conseguido a licença para exercer a profissão no Brasil. Para este indivíduo, que é natural da cidade de Feira de Santana-Ba, fora Lavrado o Flagrante Delito por Falsidade Ideológica e pelo Exercício Ilegal da Profissão. “Exercer profissão ou atividade econômica, sem para que ela seja habilitada é crime e na área da saúde é muito mais agravante. Parabenizo os policiais militares no empenho desta exitosa ação, retirando de circulação este falso profissional, proporcionando assim a proteção dos pacientes daquela região. A 24ª CIPM estará sempre atenta com as denúncias e sempre pronta para agir quando solicitada.” Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante. “PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM” Jacobina, 07 de dezembro de 2018. Vitor Costa – Subtenente PM Chefe do Setor de Comunicação Social/Porta Voz do Comando

Deixe uma resposta