Em Prosa e Verso Nonoi Escreve: Caneta!

CANETA…
Por Noedson Valois

Caneta, por favor, tenho um papel…
Preciso de você.
Porém, caneta, , em meu papel não deve haver palavrão.
Busque uma palavrinha pra mim!
Sei, companheira de todas as horas, que inteligência é uma palavra imprescindível,
Em meu papel, caneta, não pode faltar sabedoria.
Obedecendo ao comando do meu cérebro, por entre meus dedos, escreva, por favor, a palavra razão.
Porém, caneta, para não apagá-la do papel, nem razurá-la, necessito de compreensão.
Caneta, o meu papel é o papel de professor.
A palavra de que preciso, pois, caneta…
É a palavra amor!

Deixe uma resposta