Contas da Câmara de Vereadores de Morro do Chapéu exercício 2016 serão julgadas pelo TCM!

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) deverá julgar nesta terça-feira (17), a partir das 14h30, as contas da Câmara Municipal de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, relativas ao ano de 2016. O ex-presidente da Câmara, João Humberto Batista, mais conhecido como Beto (PSL), é acusado de exceder o limite de gastos naquele período, violando a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal.

O processo, nº 07917e17, tem como relator o conselheiro Raimundo Moreira. O julgamento das contas estava previsto para ocorrer no final de 2017, mas foi retirado da pauta.

Não é a primeira vez que João Humberto Batista se vê encrencado com o TCM e a Justiça. Em 2016, ele quase fica fora das eleições municipais em Morro do Chapéu. Motivo: o TCM rejeitou, em 2011, as contas do vereador quando da sua gestão como presidente da Câmara, referente ao exercício financeiro de 2010, por improbidade administrativa. (jornal da Chapada)

Deixe um comentário